Autoras para ler em 2017 | Março mês da mulher

março 08, 2017
Olá, pessoal! Hoje dia 08 de Março é o dia internacional da mulher e para não deixar passar em branco trouxe uma pequena lista de autoras que lerei esse ano de 2017, confiram!



  •  Svetlana Aleksiévitch


 


É uma renomada escritora ucraniana, vencedora do premio Nobel de Literatura 2015. Estudou jornalismo na Universidade de Minsk, turma de 1967. Desde os seus dias de escola já tinha escrito poesia e artigos para a imprensa escolar. Foi jornalista da revista literária Neman de Minsk, para a que escreveu ensaios, contos e reportagens. O escritor bielorrusso Ales Adamovich inclinou-a definitivamente para a literatura apoiando um novo género de escrita que denominou "novela coletiva".
Nos seus textos, que caminham entre a literatura e o jornalismo, usa a técnica de colagem justapondo testemunhos individuais, com o que consegue aproximar-se mais à substância humana dos acontecimentos. Usou este estilo pela primeira vez no seu livro 'A Guerra Não tem Rosto de Mulher' (1983), em que a partir de uma série de entrevistas aborda o tema das mulheres russas que participaram na Segunda Guerra Mundial.



  • Sylvia Plath
Sylvia Plath foi uma poetisa, romancista e contista norte-americana. Reconhecida principalmente por sua obra poética, Sylvia Plath escreveu também um romance semi-autobiográfico, "A Redoma de Vidro", sob o pseudônimo Victoria Lucas, com detalhamentos do histórico de sua luta contra a depressão. Assim como Anne Sexton, Sylvia Plath é creditada por dar continuidade ao gênero de poesia confessional, iniciado por Robert Lowell e W.D. Snodgrass.



  • Caitlin Doughty
Confissões do Crematório

Caitlin Doughty (1984) é agente funerária, escritora e apresenta um canal no YouTube onde fala com certo humor sobre a morte e as práticas da indústria funerária. É a criadora da web série "Ask a Mortician", fundadora do grupo The Order of the Good Death (que junta profissionais, acadêmicos e artistas para falar sobre a mortalidade) e também autora de Smoke Gets in Your Eyes & Other Lessons from the Crematory.


  • Patti Smith
Só Garotos

Antes de completar 21 anos, Patti Smith, a "poetisa do punk" mudou-se para Nova York, onde conheceu Robert Mapplethorpe, seu companheiro e amigo de muitos anos. Patti ganhou reconhecimento nos anos 1970 por sua fusão revolucionária de poesia com rock, e seu disco Horses, tido como precursor do punk, é considerado um dos cem melhores álbuns de todos os tempos. Ela gravou uma série de discos e publicou livros de poesia como Babel e Auguries of Innocence. Em 1973, Patti expôs seus primeiros desenhos. Em 2008, a Fundação Cartier de Paris fez uma grande mostra com fotografias, instalações e desenhos da artista.

  • Rô Mierling
Diário de uma Escrava

Rô Mierling é gaúcha/brasileira, escritora, roteirista e antologista. Autora de "Contos e Crônicas do Absurdo", “Íntimo e Pessoal”, "Quando as Luzes se Apagam", “Pedaços de Mim”, "Diário de uma Escrava", “Cicatrizes da Escravidão” e muitos outros. Coordenadora em mais de quarenta coletâneas de contos nos mais diversos assuntos, entre o dramático e o sinistro, do paranormal ao crime sádico. A autora atua na divulgação e incentivo de leitura e escrita junto a diversos projetos como PEGAÍ. Atualmente está lançando um livro pela Darkside Books e outro pela Editora Abril junto a Revista Mundo Estranho. Colunista nas revistas internacionais Sotaque (Porto/Portugal) e Resonancias (Argentina/França). A autora está escrevendo seu sétimo livro e mora atualmente em Buenos Aires – Argentina.
A escritora recebeu vários prêmios literários e atualmente é coordenadora do grupo literário “Antologias Brasileiras” que tem como missão divulgar o trabalho de escritores brasileiros iniciantes.

Dentre essas, também quero ler, Frankenstein da Mary Shelley e Precisamos Falar Sobre o Kevin da Lionel Shriver. A lista é grande e a tendência é continuar crescendo, quero fazer desse um ano cheio de leituras, principalmente de obras escritas por essas e outras autoras incríveis!

XoXo! 💋

Nenhum comentário:


Olá, obrigada por ter lido até aqui!

Por favor, Não desrespeite minha opinião, ela é Minha e você tem todo direito de discordar, desde que o faça com educação.
Alguma dúvida ou sugestão? Este é seu espaço.

Volte sempre!

Tecnologia do Blogger.