Anuncie conosco

Anuncie conosco

Resenha | A Filha do Norte

A Filha do Norte


Título: A Filha do Norte # 1
Autor(a): Luisa Soresini
Páginas: 496
Editora: Novo Século - Talentos da literatura brasileira
Gênero: New Adult, Fantasia
Livro cedido em parceria com a autora


Tudo começa quando Michelle e Meredith saem para ver as flores. Uma tempestade faz com que a bruxa perca Michelle de vista. A menina, desnorteada, sai em busca de ajuda e avista uma mansão enorme e antiga. Pensando que não mora ninguém na casa, Michelle entra no local para se abrigar e é surpreendida ao ser recebida por uma governanta tão sinistra quanto a casa, que a deixa com medo. Seu instinto lhe diz que há algo de errado, mas essa sensação passa quando entra na casa e se depara com um ambiente completamente diferente daquela fachada macabra que vira. O interior da mansão é maravilhoso, bonito e sofisticado, assim como os seus donos: os irmãos Vergamini.
O que Michelle não imagina é que às vezes é necessário ouvir nossos instintos. Ela está em perigo e talvez nem suas amigas, Elza e Meredith, as bruxas do Leste e do Sul, consigam salvá-la.


Há muito tempo não fazia uma leitura de um livro fantástico tão bom!
A Filha do Norte, vai trazer como protagonista Michelle. A jovem menina chega a mafaldi um vilarejo no qual ela encontra Meredith e Elza, ambas bruxas, com um grande segredo para proteger o vilarejo de monstros terríveis. Ambas percebem logo de cara que Michelle tem algo de diferente, um brilho, algo que elas não conseguem identificar mas que já as faz adorá-la.

Até que em um fatídico momento Michelle se perde no meio da floresta e vai parar na mansão dos Vergamini, um destino cruel para dizer o minimo e que impossibilita as bruxas de ajudar a menina. Ao procurar ajuda a protagonista se depara com os habitantes daquela mansão, Danton, Ethan, Carl, Frank, Christofer e Wolf e acaba sendo feita prisioneira por eles.

Ao longo da leitura descobrimos juntamente com a personagem que os Vergamini são irmãos e por causa de um ato terrível do passado foram transformados em monstros. Cada um possui características bem peculiares, assim como suas personalidades e poderes. E vou parar por aqui para não dar spoiler!




Luisa Soresini fez um trabalho magnífico, o que poderia ser mais um YA sobrenatural, virou uma história de amor, superação e moral, muito, muito fantástica e bem desenvolvida. É como disse lá em cima, há tempos não lia um livro tão bom...

Michelle é aquele tipo de personagem forte, marcante e destemida mesmo quando está com medo, sua presença é inebriante, mesmo com suas próprias dores e temores por conta de um passado sombrio, ela não desanima é contagiante! Em vários momentos parecia que a história era sussurrada por ela em meus ouvidos. Ver seu desempenho ao tentar alcançar o coração de monstros tão malignos, a principio, foi sem dúvida alguma inspirador, e só me fez refletir ainda mais sobre os pequenos atos que tomo no meu dia a dia e a diferença que gestos bondosos e um olhar diferente podem fazer!

As personalidades dos Vergamini, assim como a da Michelle foram muito bem construídas e um livro com quase 500 páginas nunca foi lido tão rápido e pareceu tão curto. Já estou ansiosa demais pela continuação, principalmente pelo final de roer as unhas, a autora deixa bastante dúvidas no ar que imploram pelo lançamento já da continuação.

Se você gosta de fantasia, com muita aventura e lições bacanas, que te tragam reflexões até bem profundas, A Filha do Norte é mais que recomendado. Uma história fluída e muito bem desenvolvida, repleta de personagens grandiosos que lhe cativaram logo nas primeiras páginas.

Muito obrigada Luisa por confiar no meu trabalho, sucesso, você merece!

XoXo!

Um comentário:

  1. Oi Jessica,
    Tenho visto as publicações que a Luisa faz do livro, mas ainda não tive oportunidade de comprá-lo, o que pretendo fazer assim que possível. Adoro literatura fantástica e ainda mais sendo nacional.
    Adorei sua resenha.
    bjs

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.