Resenha | True

junho 07, 2015
Olá Pessoal!

True


True # 1
Autor(a): Erin McCarthy
ISBN-13: 9788576863335
Ano: 2015
Páginas: 266
Idioma: português
Editora: Verus
Sinopse:
Quando as colegas de quarto de Rory descobrem que a tímida e estudiosa garota nunca passou uma noite com um homem, decidem que vão ajudá-la a perder a virgindade contratando o confiante e tatuado Tyler para fazer o serviço, porém sem o conhecimento dela. Tyler sabe que não é bom o bastante para Rory. Ela é brilhante, enquanto ele está lutando para se formar na faculdade e conseguir um emprego, para, então, poder tirar seus irmãos mais novos da mãe drogada. Mas ele acaba aceitando a proposta, pelo menos como uma oportunidade de conhecer Rory melhor. Há algo nela que o intriga e o faz querer ficar por perto — mesmo sabendo que não deveria.
Divididos entre o bom senso e o desejo, os dois se veem envolvidos em uma relação apaixonada. Mas, quando a família desajustada de Tyler ameaça destruir seu futuro — assim como o dela —, Rory precisa decidir se vai cortar os laços com o perigoso mundo do namorado ou se vai seguir seu coração, não importa o preço a pagar.

A protagonista Rory é uma boa menina, estudiosa, nunca deu trabalho aos pais. Tyler, é o típico bad boy, tatuado e mulherengo, esteriótipos do gênero New Adult ou não, o casal conquista logo na primeira cena!

Rory divide o dormitório com duas amigas, Jéssica e Kylie, as garotas são completamente diferentes da protagonista e a incentivam a se divertir mais.
Um determinado incidente ocorre e o Tyler "salva" Rory, a partir daí o rapaz mostra-se interessado nela e o romance se inicia.

Dia após dia, vemos Rory admitir que está sentindo algo mais por Tyler, mas a garota acha que ninguém tem interesse por ela e que por isso, o lindo e desejado Tyler também não teria. Tyler no entanto começa a perceber Rory com outros olhos e fica claro que ela é bem diferente do tipo de garota que ele está acostumado.


— Sabe por que a gente se dá bem, Rory?— Por quê? (...)— Porque nós dois vemos além do que as outras pessoas veem na gente. Nós dois sabemos que, às vezes, as melhores coisas estão debaixo da superfície. (...)
Um detalhe crucial na história é que Rory é virgem e isso é visto como estranho para as amigas que acham que ela deveria namorar mais. Eu particularmente achei que o modo como a virgindade da garota é vista meio bizarro, principalmente pela promiscuidade em que as amigas dela vivem, me julguem, mas eu achei forçado! Ninguém pode ser obrigado a seguir os outros ou a ser igual aos outros.

Um outro ponto que a autora toca é o preconceito, nesse caso, entre pessoas de classes sociais diferentes, as amigas da Rory acham que ela deve se divertir, mas acham que Tyler não é bom o suficiente para ela e não é por ele ser pegador hein! Gostei bastante desse dois debates, que apesar de leves na trama, trazem uma reflexão bacana!





O Tyler mostra um lado para Rory que mais ninguém conhece, ele tem 3 irmãos e problemas familiares com a mãe e a Rory acaba conhecendo-o como ninguém. Achei muito bacana a forma como a relação familiar foi construída na história, a tornou real, tanto a família da Rory quanto a do Tyler são famílias que existem e a partir daí o desenrolar dos acontecimentos só melhora!

O envolvimento dos personagens é gradual e muito gostoso de acompanhar, a personalidade de ambos é bem construída e por vezes me irritei, chorei e me animei com eles. Uma leitura repleta de feels sem dúvida!
“Então eu o beijei. Com força. Querendo que ele entendesse que nada disso importava. Que o que importava era o aqui e o agora, nós dois e a promessa de sermos o melhor possível, para nós mesmos e um para o outro.”

Mas...

O que me incomodou demais foi a finalização da história, a solução que a autora encontrou para os "problemas" dos personagens foi muito fácil, para mim foi inaceitável! Por final parecia que ela estava com pressa de terminar a história e fiquei bem chateada. A autora tem mais livros então eu credito que será ou uma continuação ou como está na moda, um livro para outros personagens que apareceram em True.

É uma história muito boa, muito envolvente e sedutora. Como os outros do gênero New Adult possui cenas hot e temas pesados, como drogas e afins. True é uma ótima história para passar a tarde, eu li em uma tarde apenas e fiquei com gostinho de quero mais. Mesmo não sendo o melhor desse gênero eu recomendo!

XoXo!

22 comentários:

  1. Oi Oi!!
    Tenho amigas que amam esse livro e protegem com todas as forças, mas essa história de virgindade ser algo ruim não me desce. Odeio livros que tratam a virgindade como uma doença, como se você ser virgem te fizesse uma pessoa menor... Mas, enfim, True não me atrai em nada, apesar de Tyler parecer um bom personagem que eu acabaria gostando!
    Beijos

    LuMartinho |Face

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem??

    Adorei a resenha! Fiquei bem interessada no livro... Uma pena que a autora não finalizou conforme o esperado. Esperamos que os próximos (se tiver continuação da mesma personagem) tenha um final melhor trabalhado.

    XOXO
    umnovo-roteiro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Sempre ouvi falar bem desse livro. Ainda não tive a oportunidade de ler, mas tenho fé que um dia essa chance chega. Bom, sobre o que falou sobre a virgindade da protagonista, eu vejo que para nós brasileiros isso ainda é tabu, mas nos EUA, por exemplo, é muito comum as meninas perderem a virgindade antes de entrar para a faculdade, é como um rito de passagem, não é visto da forma como vemos aqui no Brasil, e talvez isso tenho lhe causado essa estranheza, mas enfim, eu gosto dos temas que são trabalhados no enredo e gostei da resenha, apesar das suas criticas ao final do livro. Bjs

    Território nº 6

    ResponderExcluir
  4. Gostei. Não faz muito ~meu estilo~, mas acho que leria em um dia qualquer haha. Ótima resenha! :)

    http://anneandcia.blogspot.com.br/2015/06/nunca-se-esqueca-de-quem-voce-e.html

    ResponderExcluir
  5. olha, ando correndo de new adult, o que vejo ultimamente é que as histórias se repetem, seguem a mesma fórmula, não inovam... parecem roteiros de filmes mal produzidos em hollywood...
    meio que tomei abuso depois de alguns lidos. não li True, mas por estar tão desgostosa com o gênero, acabo criando certa barreira pra leituras do gênero...
    concordo quando vc fala sobre não ser legal essa pressão toda em cima da virgindade da protagonista, mas gostar de transar [no caso as amigas dela] não é defeito, de ser promíscuo e talz... Sexo é bom kkkkkkkkkkkkkkkkkk
    enfim...
    http://torporniilista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Eu tenho muita vontade de ler True, do jeito que você falou me lembrou um pouco de Belo Desastre.
    Gostei das reflexões que você diz que o livro aborda de maneira simples.
    Concordo que não é porque as amigas são promíscuas que a virgem tem que ser, foi-se o tempo de maria vai com as outras, por favor, né!?

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  7. Oi Jéssica.
    Amo livros NA e estou louca para ler True. Adorei a sua resenha, mas fiquei triste em saber que o final não foi tão bom assim. Ainda vou querer dar uma chance ao livro e depois conto o que achei.
    Beijos
    Carol
    www.sobrevicioselivros.com

    ResponderExcluir
  8. Já li resenhas negativas desse livro. Sobre autores não saberem desenvolver o livro: para que tá feio. Isso me desanima muito pra ler :((
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?
    Adorei sua resenha, ficou super detalhada e me deixou MUITO curioso, mesmos endo uma história para "meninas". É complicado quando a escritora não termina de escrever a história. Já sofri muito com a publicação da trilogia Divergente kkkk

    Victor Tadeu, blog Desencaixados
    http://desencaixados.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Parece ser muito bom, concordo com o que você disse sobre a questão da virgindade, que ninguém deveria ser obrigada a seguir ninguém. Não costumo gostar de histórias que ensinam o contrário, mas pelos outros pontos que você resenhou, eu leria sim. Foi uma ótima resenha.

    http://www.thaisnacidade.com/

    ResponderExcluir
  11. Oi, flor!
    É a primeira vez que vejo uma menção negativa ao desfecho desse livro… Que pena que a autora pareceu com pressa. Mas, ao mesmo tempo, noto que você destacou tantos bons elementos! Não perdi a vontade de ler True e me deixar encantar pelos personagens e sua interação. Espero não me decepcionar.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Ola! Tudo bem?

    Ja li várias resenhas desse livro, mas não faz o meu estilo preferido de leitura, não sou fã de new adults. Até leio mas seleciono bem!
    Gostei da sinopse, da história e tudo, mas pra mim sua critica no fim do livro matou. Admiro sua sinceridade, de verdade! E também odeio quando os autores fazem isso, de encontrar soluções simples e faceis pra fechar o final do livro. Parece superficial pra mim.

    Adorei sua resenha de qualquer forma! Provavelmente não lerei este livro, mas relaxa, não foi só por causa da sua critica hahaha

    Beijo!
    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oie Jessica! :D
    Estou me aventurando no New Adult e até agora to gostando bastante, mas teve um ponto que você tocou que sempre me desagrada quando encontro em um livro: Virgindade. Eu não gosto de como é desenvolvido sobre esse assunto, me entende? Aquilo de que a pessoa tem que perder e os amigos ficam colocando ideia na cabeça e etc. Isso me da nos nervos, no mais o livro me pareceu bacana, só não sei se leria por causa dessa parte. Não estou com muita paciência para livros que enrolam muito nisso.

    Beijoooos e até logo! :*
    https://worldofmakebelieveblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  14. Olha eu ainda não tive a chance de fazer a leitura desse livro, mas tenho bastante curiosidade, porque me parece ser muito bom por conta de vários comentários que já vi dos blogueiros. Mas como eu ainda não sei nada de nada, eu não vou com muita expectativa para não me decepcionar, mas mesmo assim quero poder tirar minhas próprias conclusões. Adorei a maneira como tu desenvolveu a sua resenha. Ficou muito bem explicadinha e também bastante clara. PARABÉNS =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/06/resenha-fingindo.html

    ResponderExcluir
  15. Oi Jessica
    Eu confesso que não tenho vontade de ler este livro! Tem muitos elogiando, mas sabendo ainda que o final não te agradou, eu não sei se leria mesmo.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Olá! Tudo bem?

    Eu não leria esse livro. Primeiro, isso de colocar a virgindade como um defeito em uma pessoa é muito chato. Acho que cada um tem seu corpo e deve decidir perder na hora que desejar. Sem essa de amigas pressionando. Se uma pessoa é realmente amiga de outra, respeita seu tempo e seu espaço. Não fica armando pra outra perder a virgindade. Por favor, né? ¬¬

    Também não curto quando há preconceito de qualquer tipo, nesse caso, com pessoas de classes sociais diferentes.

    Além do fato de odiar quando o fim é milagroso e aquele problema enorme é resolvido em um piscar de olhos.

    Por esses fatores, eu não leria esse livro.

    Beijos e até! <3
    www.dreamsandbooks.com

    ResponderExcluir
  17. Oi Jéssica!
    Eu sinceramente não sou fã desse novo gênero de literatura New Adult, acho que certos temas são forçados demais, como a obsessão com o sexo. Eu prefiro histórias fantásticas e de mistério!
    Mas, como eu sempre digo, às vezes as histórias que mais nos surpreendem são aquelas que nós menos esperamos, não é? :)

    Beijos,
    Fernanda
    www.oprazerdaliteratura.com.br

    ResponderExcluir
  18. Oláaaaa,
    Eu gostei da sua resenha, mas não fiquei tentada a ler o livro, sabe? A Rô me parece ser tão ZzzZzz, e não é porque ela é mais quieta do que as amigas, só, sei lá, não gostei muito dela. Parece ser super irritante.
    Já ele, apesar de ter essa coisa toda de pegador, parece ser, no fundo, um cara legal.
    Enfim... somente esse drama da parte dele e o drama da parte dela não me convenceram, então não leria.
    Beijos,
    http://www.entreleitores.com/

    ResponderExcluir
  19. Olá!

    Parabéns pela resenha, muitas pessoas me indicaram o livro, mas não tinha dado uma chance nem para as resenhas dele. Mas me surpreendi, parece ser um livro muito bom mesmo. Acho que irei gostar, pois me lembrou os livros da Abbi Glines diva! Espero gostar :}

    Beijos,
    http://www.estantedarob.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oii Jéssica, tudo bem com você?
    Estou querendo ler esse livro faz um tempinho, mas me falta money. Parece ser um livro bem interessante, apensas dos pontos que você destacou. Minha amiga já leu e gostou muito, espero conseguir ler logo.

    Beijos da Jéss ♥
    Brilliant Diamond | Fan Page

    ResponderExcluir
  21. Oie, tudo bom?
    Eu quis muito ler esse livro quando foi lançado, mas a verdade é que continuo querendo conhecer essa história porque gosto do gênero NA. Mesmo com as reclamações sobre o final e a premissa meio clichê, ainda quero muito ler.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Olá tudo bem?
    Para mim esses livros já estão muito batidos, as histórias se parecem e acaba sendo mais do mesmo, aqui em casa quem leu esse livro foi a minha esposa, ela até gostou. Quanto a mim realmente sem chance de lê-lo.

    Abraço,
    Diego de França
    www.leitorsagaz.com.br

    ResponderExcluir


Olá, obrigada por ter lido até aqui!

Por favor, Não desrespeite minha opinião, ela é Minha e você tem todo direito de discordar, desde que o faça com educação.
Alguma dúvida ou sugestão? Este é seu espaço.

Volte sempre!

Tecnologia do Blogger.