Presságio - O assassinato da Freira Nua

agosto 28, 2013
Olá pessoal, vamos de resenha nacional?!

Presságio


Autor: Leonardo Barros
Editora: Novo Século
ISBN: 9788576798040
Ano: 2012
Páginas: 224
Avaliação: 5/5
Sinopse: 
Alice tem 26 anos e, desde a adolescência, é atormentada por presságios. Desacreditada por psiquiatras, ela é considerada psicótica, até que uma de suas visões a possibilita desvendar um misterioso homicídio. A polícia atribui a autoria do crime ao Beato Judas, um assassino serial de freiras, mas a descrição do suspeito não se parece em nada com o homem que ela viu em sua premonição. Agora, Alice terá de correr contra o tempo para provar que não é louca e para evitar que o assassino faça uma nova vítima. Suspense, misticismo e sensualidade se misturam neste fantástico thriller policial que parece ter a capacidade sobrenatural de manter seus leitores alucinados da primeira à última página. 

Como revela a sinopse, o livro é um thriller policial, que deixa o leitor extasiado, curioso, ávido por descobrir mais sobre o misterioso enredo.
O autor trabalhou muito bem a personagem Alice, me vi tentando desvendar os assassinatos a fim de comprovar a sanidade da personagem principal que por vezes se mostrou duvidosa. Se uma hora eu acredita em seu veredito, em outras achava-a completamente perturbada.
Tenho que admitir, achei inusitada a maneira que os presságios acontecem com a personagem, isso rendeu situações constrangedoras e perigosas, que deixaram a leitura ainda mais intrigante. De verdade, a cada página eu só conseguia pensar no que mais a personagem podia se meter!
Ao longo da leitura Alice passa por muitas coisas, fiquem com pena, angústia e raiva por ela em vários momentos, a garota não consegue deixar o presságio de lado e acaba se metendo em uma teia de confusões.
Todos os personagens parecerão culpados em algum momento, isso tornou o final imprevisível, junto com Alice passei a duvidar de todos, até dela mesma.
Presságio é uma leitura sexy, que revela o mais sombrio desejo carnal dos personagens. 
Leonardo Barros escreveu uma história incrível, cheia de elementos que fizeram a leitura fluir e o ritmo ser continuo. Devorei as duzentas e poucas páginas e aprovei a finalização que o autor deu a cada personagem. Não vou entrar em detalhes sobre os outros personagens pois essa é uma leitura que assim como o crime, tem de ser desvendada, capítulo por capítulo.
Recomendo muito sua leitura, no entanto, deixo aqui uma ressalva para o conteúdo adulto que permeia a leitura!
"Só é louco quem fala demais! Porque, se você não fala nada, as pessoas não adivinham o que está dentro da sua cabeça! Pode ser a pirada mais demente de todas! Mas se você não fala nada, você é normal."

Por hoje é só beijos e até a próxima!

Um comentário:

  1. Oi, Jéssica.
    Adorei a resenha: técnica, opinativa e bem escrita.

    Fico feliz em saber que o livro foi tão bem sucedido quanto à fluência e à capacidade de manter os leitores presos à história. Confesso que esta é, para mim, uma preocupação constante.

    Obrigado pela divulgação!
    Abraço! =)

    ResponderExcluir


Olá, obrigada por ter lido até aqui!

Por favor, Não desrespeite minha opinião, ela é Minha e você tem todo direito de discordar, desde que o faça com educação.
Alguma dúvida ou sugestão? Este é seu espaço.

Volte sempre!

Tecnologia do Blogger.